Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Governador do Texas cancela uso obrigatório de máscara e reabre Estado em ‘100%’
04/03/2021 20:16 em Notícias do Mundo

O uso obrigatório de máscara foi suspenso no Texas, nos Estados Unidos, anunciou o governador Greg Abbott na terça-feira 2. Ele também determinou a reabertura total da economia, em meio à pandemia de covid-19, inclusive permitindo que a maioria dos estabelecimentos funcione sem nenhuma restrição de capacidade.

Leia mais: Doria impõe lockdown em todo estado de São Paulo a partir de sábado

“Estou anunciando que o Texas está novamente 100% aberto”, disse o governador. “Por quase meio ano, a maioria das nossas empresas funcionou com 50% ou 75% da capacidade e, com isso, muitos texanos foram excluídos das oportunidades de emprego.”

Governador do Texas, o republicano Greg Abbott — Foto: Reprodução/Twitter/Greg Abbott

Durante um pronunciamento na Câmara de Comércio de Lubbock, Abbott afirmou que muitos proprietários de pequenas empresas estão sofrendo para pagar as contas. “Isso deve acabar”, disse. “Agora é hora de abrir o Texas 100%. Todo negócio que desejar abrir, evidentemente, deve abrir.”

O governador destacou também a chegada das vacinas, que estão sendo aplicadas em massa nos Estados Unidos, e disse que o Estado agora tem as ferramentas para proteger os texanos do vírus. A decisão de tornar obrigatório o uso de máscara foi tomada pelo governador há oito meses, no auge da pandemia.

Leia também: Secretário de Doria rechaça ‘lockdown’: ‘As pessoas vão morrer de fome’

“Para ser mais claro: é óbvio que a covid-19 não desapareceu repentinamente”, observou. “A covid-19 ainda existe no Texas e nos Estados Unidos. Ainda existe em todo o mundo. Entretanto, essas medidas mais extremas não são mais necessárias neste momento.”

Abbott também destacou o fato de o Texas ter avançado no tratamento de pacientes infectados pelo novo coronavírus, além da ampliação dos testes nas últimas semanas. Segundo o New York Times, até o momento, já foram aplicados 5,7 milhões de doses de imunizantes contra a covid-19 no Estado.

A suspensão da obrigatoriedade do uso de máscara foi criticada pela diretora do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC, na sigla em inglês), Rochelle Walensky, que se declarou preocupada com a flexibilização das medidas restritivas e de prevenção da propagação do coronavírus em alguns Estados. “Agora não é hora de relaxar as salvaguardas que sabemos que podem impedir a disseminação do vírus”, alertou. “Essas atitudes podem mudar novamente a trajetória da pandemia.”

Fonte: revistaoeste.com

COMENTÁRIOS